Passar para o Conteúdo Principal

CLDS Proxim’Idade arranca com teatro musical no Centro de Artes de Sever do Vouga

Img 7095 1 1024 2500
13 Dezembro 2019

O CAE de Sever do Vouga acolheu, na passada sexta-feira, dia 6 de dezembro, a peça “Clichés: aqui não!”, resultante de uma parceria com o município de Ílhavo. Protagonizada pelo grupo de idosos do Espaço Maior Idade, estiveram, em palco, cerca de 25 participantes.

A plateia, com mais de 200 espectadores, pôde assistir a um espetáculo que conciliou a comédia com o teatro musical, enquanto contou a história de uma encenadora ambiciosa que luta até ao fim pelo sucesso da sua companhia face às adversidades. O estímulo à reflexão do público acerca da adaptação à mudança foi a promessa da produção organizada pela ADRIMAG, que, certamente, conseguiu cumprir.

A anteceder este espetáculo, as atuações musicais dos mais de 30 elementos da Universidade Sénior do Rotary Club Sever do Vouga, bem como da Instrumentista da Banda União Musical Pessegueirense - Sara Raimundo – de flauta transversal, abrilhantaram ainda mais esta tarde. Estiveram presentes neste evento o Sr. Presidente da Câmara Municipal de Sever do Vouga - António Coutinho -, o Sr. Vereador da Câmara Municipal de Sever do Vouga - Almeida e Costa - e a Sr.ª Vereadora da Câmara Municipal de Ílhavo - Fátima Teles.

Em nome do CLDS Proxim’Idade Sever do Vouga, a coordenadora Zélia Marques, deixou o seu testemunho, referindo que o objetivo da iniciativa ao longo dos próximos 3 anos será “fazer o nosso melhor, para que os nossos séniores se sintam felizes e tenham atividades diferenciadoras.” Além disso, evidenciou-se a intenção de “trazer muitas vezes os séniores até ao centro da vila”, tal como às freguesias. “Vamos continuar a trabalhar em proximidade - é este o nosso lema”, finalizou.

O Presidente da autarquia severense congratulou o arranque da primeira de muitas atividades do CLDS Proxim’Idade, a Universidade Sénior e o Município de ílhavo. “Nós também iremos fazer mais atividades neste contexto”, referiu. “Estes são esforços para fazer com que os séniores vivam uma vida mais bonita e agradável”, acrescentou o autarca.

Em representação da Câmara Municipal de Ílhavo, a Vereadora Fátima Teles expressou a sua visão acerca deste CLDS: ”ensinar a encarar o envelhecimento de outro modo, considerando o facto de ainda existir tempo para aprender coisas novas, conhecer pessoas, fazer coisas diferentes e crescer, mais do que envelhecer”. A Vereadora foi, ainda, presenteada com uma lembrança constituída por produtos regionais do concelho, oferecida pela Câmara Municipal, na pessoa do Sr. Presidente, António Coutinho.

img_6984
img_7022
img_7095